Fábio Rezler, idealizador e fundador da Bionicook iniciou os primeiros estudos do negócio em Agosto/2014.  O plano era um redesenho da carreira profissional para um novo projeto de negócios cuja estrutura fosse passível de expansão nacional e internacional.  Vários segmentos foram analisados naquele momento, mas foi na mágica área da alimentação que Fabio percebeu o maior potencial de aplicação dos conceitos de gestão e criatividade.
Deu-se então o início de uma longa jornada de infinitos desenhos técnicos, testes em mockups, construção de protótipos, erros e acertos.  Inicialmente o projeto baseou-se em um fast food tradicional, com atuação humana regular, porém com um equipamento desenvolvido especialmente a fim de eliminar ao máximo o contato do humano com o alimento.
Apesar do índice de automação já elevado para o segmento se comparado a demais modelos de negócio, Fabio percebeu que o desafio em disseminar o negócio de forma rápida num país continental como o Brasil, e mais ainda, mundo afora com inúmeras culturas diferentes tendo o ser humano como centro principal do sucesso de uma franquia, seria um caminho muito mais difícil do que o previsto.  A concorrência é impecável e modelos de negócio inovadores precisam ser rápidos, diferentes, econômicos e com experiências de consumo além das expectativas.